quinta-feira, 4 de abril de 2013

As Energias para Abril de 2013



Este Domingo de Páscoa, para mim, foi muito diferente dos últimos anos. Havia um brilho novo no ar que estimulava o sentimento de expectativa e de emoção que tive na semana passada. Estava na Igreja pela manhã, ouvindo o sermão e pensando no simbolismo da Páscoa e então uma nova compreensão me atingiu: esta é a “Segunda Vinda” pela qual estivemos à espera. E em Abril nós encontramos uma porta aberta, o apoio de todos os ângulos e um Universo pronto para ver o que iremos fazer a seguir.

A Segunda Vinda de Cristo, que foi antecipada por séculos, quando seríamos libertados de nossa escravidão humana na Terra, foi sempre considerada como um momento em que Jesus desceria do Céu, na forma física, e nos levaria de volta com ele (ou alguma versão disto). Acho que muitos tiveram uma esperança secreta de que seria uma associação de Caça-Fantasmas e Exterminadores do Futuro, a batalha final entre os bons e os maus, com todos nós nas laterais, torcendo pelo nosso Salvador.

Mas, embora fosse esta a história em que acreditávamos, é uma falsa suposição que nos levou a pensar que a ascensão viria de forças fora de nós. E, também, esperávamos pela segunda vinda, sermos salvos, resgatados, validados, absolvidos e perdoados pelos pecados que nunca cometemos. Nosso único pecado (ou separação) encontra-se em nossa crença de que estamos desconectados da Fonte.

Somos a segunda vinda: é a nossa conexão com a nossa própria Consciência Crística que nos levou a este momento.

Jesus não disse que ele viria e nos salvaria, mas dizia repetidamente: “Vocês podem fazer isto e mais”. Ele só nos mostrou que a ascensão é possível, o resto cabe a nós. Estamos aqui agora e ninguém está vindo para nos resgatar, porque não precisamos disto; somos aqueles pelos quais estivemos esperando. Isto esteve dentro de nós o tempo todo e podemos agora viver as nossas vidas através deste aspecto do nosso ser.

É o momento de trocarmos a nossa coroa de espinhos por uma coroa de estrelas e começarmos a brilhar.

Desde o início de 2013 estivemos processando a nossa decepção pelo que considerávamos que seria um evento de ascensão, de mudança do mundo, para o que foi um final de Dezembro bastante calmo, e então Janeiro e Fevereiro foram preenchidos de oportunidades de limpeza, uma após outra. Justamente quando pensávamos que tínhamos terminado com o nosso trabalho de cura, outra chance de nos interiorizarmos ainda mais se aproximou.

Até o final de Março estivemos ofegantes e nos perguntando se haveria um término para esta interminável jornada. A convergência dos planetas no signo de Peixes ajudou em nossa jornada de cura. Em Abril, estes planetas estão em Áries, o signo do pioneiro e é o momento de agir.
(Todos vocês de Áries leiam o próximo parágrafo antes que fiquem muito entusiasmados).

Com a energia de Abril, temos tudo o que precisamos para darmos aqueles primeiros passos e eles são os primeiros passos. Não é o momento de pularmos na piscina sem um plano, mas considerarmos as nossas opções com base em nossa intenção.

Com Mercúrio ainda em sua sombra até 6 de Abril, os detalhes finais podem não ser claros, não deixem de seguir a sua orientação interior, façam muitas perguntas e então ouçam as respostas. No início de Abril temos quase todos os planetas pessoais em Áries e eles estão em quadratura com Plutão, convidando a transformação de uma forma muito sensata.

Isto não acontece fora de sua vontade, mas Plutão tem uma maneira de arrancar as coisas quando é o momento certo, ainda que não pensemos que seja o momento certo. A energia de Abril está se formando para a próxima quadratura Urano/Plutão em 20 de Maio, outro ponto de transformação que expandirá o que criamos neste mês.

Temos uma Lua Nova em 10 de Abril que pode trazer em primeiro plano, muitos problemas de relacionamento, começando com o nosso relacionamento mais importante, aquele que temos com nós mesmos. Você realmente se ama, valoriza-se, honra-se e se respeita?

Isto poderá ser testado neste mês, quando perceberem o reflexo do seu valor nos outros. Lembre-se de não tomar isto de forma pessoal e use todas as experiências para verificar com você mesmo. Como os outros o amam é um reflexo do seu amor próprio. 

O Eclipse Lunar da Lua Cheia de 25 de Abril terá um sentimento de pressa/desaceleração com ele, pois somos compelidos a agir, mas fazendo-o de uma maneira atenta e ponderada.

A energia de Abril nos convida a avançarmos de uma nova maneira, começando com a intenção e a orientação intuitiva. Podemos tomar medidas agora, mas isto começa estando ancorados, centrados e alinhados com a nossa intenção e então o próximo passo ficará claro.

Quando avançamos a partir de nosso ponto de intenção, podemos garantir que integramos a energia que desejamos incorporar. Quando fazemos parceria com a nossa intenção, permanecemos alinhados com a nossa parceria humano/divino e isto nos permite receber a orientação que precisamos para fazer as escolhas que melhor nos servem.

Estamos rodeados por potenciais neste mês e é com o que escolhermos nos alinhar que irá se manifestar para nós. Só porque tudo é possível não significa que o queiramos ou que seja útil para nós. E a maior parte das mudanças e transformações o tira de sua zona de conforto, ou o que lhe é familiar, para a sua zona de desconforto, ao novo e desconhecido e que pode ser bem desconfortável no início.

Escolha o que serve as suas intenções para a alegria, a paz, o amor e a abundância e isto é o que você criará em sua vida e que o tornará apto para o mundo também.

A mudança para a 5D já aconteceu.
As energias aí estão para nós nos alinharmos e usarmos agora.

Confie e tenha fé no processo e em um Universo amoroso e benevolente que esteve esperando por muito tempo para acolhê-lo de volta a sua Consciência Crística.

Tenham um mês maravilhoso.

Mensagem de Jennifer Hoffman - 1º de Abril de 2013