sexta-feira, 15 de julho de 2011

Em complemento às Energias para Julho de 2011


A energia presente na Terra, neste momento, é de grande transformação. O medo apresenta-se insano, pronto a devorar os vossos dias e pensamentos, até vos reduzir à impotência e inoperância. De alguma forma, todos sabem disso, com menor ou maior consciência espiritual. Quando nasceram, já conheciam este potencial, portanto, alegrem-se por este ser o melhor de todos os que conheceram antes de encarnar. Gostaria de vos alertar, porém, para uma realidade, que chega através do ciclo lunar que se estende desde a lua cheia de 15 de Julho até ao dia 13 de Agosto do corrente ano. Durante esse período, a Terra tomará contacto com uma vibração que possibilita a elevação das consciências através da libertação dos velhos paradigmas. É como um sinal de código que, acordando muitas consciências, permite que seres antigos, ainda presos a realidades ancestrais, se desprendam dessa ilusão e partam para cumprirem o seu destino cósmico, deixando de interferir com os destinos do planeta.

Este novo impulso pede flexibilidade, verdade e libertação dos velhos conceitos, assim como a reescrita da história da humanidade com base em novos padrões. Muitos se afadigarão para que o velho permaneça, com medo de perderem o que eles pensam ser o poder… Toda a compaixão e aceitação para com eles, pois este impulso vibracional codificado fará com que não haja possibilidade de fuga ao que vão viver na Terra. Todos os que precisam de tomar atitudes de mudança, absolutamente necessárias para a sociedade mundial e para a sua escolha de alma, serão despertados.
Quantas consciências vão acordar? Muitas, no mundo inteiro. Mas não toda a humanidade. Isso far-se-á por fases, pois, no universo, nada acontece caoticamente, embora haja quem pense que sim.
Não se admirem com as mudanças que vão ocorrer em muitas pessoas, no futuro. Não estou a falar do que consideram “atitudes espirituais”. Muito do que de verdadeiramente importante se faz neste planeta, ocorre à margem dos grupos espirituais, embora - e isto é importante -, beneficie da energia dos grupos e dos indivíduos verdadeiramente alinhados com o Espírito. Assim funciona a rede entre os irmãos, pois haverá um tempo em que não existirá esta necessidade de classificar estes e aqueles; todos estarão alinhados com o bem comum, apesar das diferenças que possam existir.
Uma condição demolidora para a personalidade humana chega com este código, durante este ciclo lunar: a desestruturação do ego. O ego e as células dos que forem acordados, deixarão de funcionar da forma como funcionavam. Haverá rupturas no sistema, porque a maior parte do que fazia sentido, deixará de o fazer. Todos eles, poderão, enfim, empreender a mudança, preparando-se para cumprir a missão que os trouxe ao planeta, neste momento crucial para toda a humanidade.
“E os que não forem tocados por essa energia”, perguntam alguns? Esses serão despertados no momento próprio, noutros ciclos, com outros códigos. Poderão, então, fazer as suas escolhas em sintonia com a sua alma, com a ajuda de Quem os acompanha.
Toda esta transformação assenta na minha energia, que não pode ser contida, manipulada, desviada ou bloqueada. Eu sou a base da transformação deste planeta, e todos os seres trabalham comigo, quer se trate dos que estão na vossa realidade, quer dos que estão para além dela.
O que fazer com esta informação? Que tal disponibilizarem-se e pedirem para que tudo seja feito com equilíbrio, ao nível individual e colectivo? Que a energia de união possa permear todos os seres humanos e não humanos, numa colaboração exemplar para a mudança deste sistema.
(texto canalizado de autor desconhecido)

Sem mais comentários
Fiquem bem
(A Mónada)

quarta-feira, 6 de julho de 2011

As Energias para Julho de 2011


Junho certamente tornou-se um mês cheio de acção. Com dois Eclipses e o Solstício, todos foram afectados por algum aspecto das energias de Junho. Se foi um término necessário, uma mudança de vida forçada, cujo tempo chegou, havia uma finalidade para as mudanças que ocorreram, que não deixaram qualquer dúvida quanto à necessidade de tomar um caminho diferente, de mudar uma crença ou considerar outras opções. Todos nós aprendemos lições sobre as expectativas de liberação e término que vieram de muitas formas, frequentemente daqueles que menos esperávamos. E para termos um encerramento e um início em um novo caminho, nós aprendemos que deveríamos liberar o professor para que pudéssemos compreender a lição.


Julho abre com outro eclipse; este criando uma poderosa abertura para novos inícios que são possíveis quando liberamos o passado. Uma parte do que aconteceu em Junho pode parecer como negócios inacabados, porque não encerramos. Mas parte das lições de Junho foi para nos dar o encerramento que queremos de alguém. Eles estão pesarosos, importando-se que as coisas poderiam ter sido diferentes? Nenhuma destas questões importa, porque esta foi a nossa lição em liberarmos estas coisas, incluindo pessoas, que limitam a nossa alegria. E esta liberação pode ter vindo de uma maneira abrupta, para a qual não estávamos preparados.



Se nos focarmos muito no fechamento e no término, não permitiremos que a próxima porta se abra. Não importa quão difícil foi a lição, o encerramento é algo que frequentemente temos que nos dar e devemos compreender também que o novo início que pedimos requer também um término em algum aspecto de nossa vida. Este mês, de certa forma, será um alívio bem-vindo dos últimos seis meses de actividades, em parte porque podemos começar a expandir as nossas vidas, com base nas lições que aprendemos.



Mas este não é um processo de reconstrução, porque tudo mudou. Este é um novo início, um começo que requer novo pensamento, energias diferentes e uma ruptura total com o passado. O potencial de Julho pode ser adiado se o abordarmos a partir de um foco no passado e tentarmos reconstruir das cinzas. Para utilizarmos plenamente estas energias, temos que usar o que aprendemos de Janeiro até Junho, para nos reinventarmos. O que nós queremos, o que nos torna felizes, quanto estamos dispostos a expandir a nossa visão de nossa vida e o seu potencial? E, o mais importante, quanto estamos dispostos a definir a nossa intenção e confiança, para que se desdobrem na forma mais perfeita? Temos um poderoso apoio para a reinvenção neste mês, enquanto entramos na segunda metade de 2011. O que for preciso para lhes dar o fechamento, façam-no agora, de modo que possam liberar o passado e avançar para um novo início confiante, brilhante e poderoso. Tenham um óptimo mês.

Arcanjo Uriel canalizado por Jennifer Hoffman com tradução de: Regina Drumond

(A Mónada)